Penápolis, Quarta-Feira, 14/11/2018 PrincipalFale conosco
Busca
Principal Sobre o Santuário Os Freis Evangelho do dia Horários Notícias Fale conosco
 
Cadastre seu e-mail e receba uma mensagem de paz em sua caixa postal todas as semanas
Nome
E-mail
Notícias e Comunicados

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2009- 01/03/2009

TEMA: Fraternidade e Segurança Pública

LEMA: “A Paz é Fruto da Justiça” (Is 32, 17)
 
 
APRESENTAÇÃO
 
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – inicia a Campanha da Fraternidade de 2009 desejando que ela seja o grande esforço da Igreja no Brasil para viver intensamente o tempo santo da Quaresma, através da escuta atenta da Palavra, e do compromisso pessoal e comunitário de seguir suas exigências.
Este ano, a Campanha da Fraternidade apresenta-nos como tema “Fraternidade e segurança pública” e como lema: “A paz é fruto da Justiça (Is 32, 17)”. A CNBB pretende, com esta Campanha, debater a segurança pública, com a finalidade de colaborar na criação de condições para que o Evangelho seja mais bem vivido em nossa sociedade por meio da promoção de uma cultura da paz, fundamentada na justiça social.
Diariamente, chegam de todos os cantos do país notícias de injustiças e violências as mais diversas. Nossa sociedade se torna cada vez mais insegura, e a convivência entre as pessoas é cada vez mais difícil e delicada. A CNBB quer contribuir para que esse processo seja revertido através da força transformadora do Evangelho.
Todos somos convidados a uma profunda conversão, e a assumir as atitudes e opções de Jesus, únicos valores capazes de garantir, de verdade, a eficaz construção de uma sociedade mais justa e solidária e, conseqüentemente, mais segura.
Celebrar a Quaresma implica, também, assumir juntos, num autêntico mutirão, como povo de Deus, a busca da paz e da concórdia, autênticos dons de Deus, mas frutos, também, de nossa co-responsabilidade. A dimensão comunitária da Quaresma é, no Brasil, vivenciada e assumida pela Campanha da Fraternidade. Focalizando a cada ano uma situação específica da realidade social, a Campanha da Fraternidade nos ajuda a viver concretamente a experiência da Páscoa de Jesus na vida do povo. Ela mantém e fortalece o espírito quaresmal.
 
Dom Dimas Lara Barbosa
Bispo Auxiliar de São Sebastião do Rio de Janeiro
Secretário-Geral da CNBB
 
Pe. José Adalberto Vanzella
Secretário Executivo da Campanha da Fraternidade
 
 
 
A Campanha da Fraternidade (CF), realizada todos os anos pela CNBB, teve início em 1964 com temas que diziam respeito apenas à Igreja. A partir de 1973, a CF começou a mostrar uma maior preocupação com a realidade social do povo brasileiro e os temas começaram a dar destaque a promoção da Justiça e a situações existenciais do povo brasileiro como a realidade sócio-econômico-política, marcada pela injustiça, pela exclusão e por altos índices de miséria.
De acordo com o Padre Toffoli, uma das motivações para que o tema da CF de 2009 seja a Segurança Pública foram os constantes pedidos feitos pela Pastoral Carcerária, organismo pertencente à CNBB que cuida da evangelização em unidades prisionais de todo o país. Além da Pastoral Carcerária, as dioceses e as regionais da Conferência por todo o país também solicitaram a adoção desse tema.
A CF é especialmente manifestada na evangelização libertadora, clama a renovar a vida da Igreja a transformar a sociedade, a partir de temas específicos, tratados à luz do Projeto de Deus.
Meio para viver os três elementos fundamentais da espiritualidade quaresmal:
 
·         Oração
·         Jejum
·         Esmola
 
Objetivo Geral: Suscitar o debate sobre a segurança pública e contribuir para a promoção da cultura da paz nas pessoas, na família, na comunidade e na sociedade, a fim de que todos se empenhem efetivamente na construção da justiça social que seja garantia de segurança para todos.
 
Objetivos Permanentes:
 
·         Despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo os cristãos na busca do bem comum;
·         Educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor, exigência central do Evangelho;
·         Renovar a consciência da responsabilidade, de todos, na Evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa (Justiça e Inclusão social) e solidária.
 
Objetivos Específicos:
 
·         Desenvolver nas pessoas a capacidade de reconhecer a violência na sua realidade pessoal e social, a fim de que possam se sensibilizar e se mobilizar, assumindo sua responsabilidade pessoal no que diz respeito ao problema da violência e à promoção da cultura da paz
·         Denunciar a gravidade dos crimes contra a ética, a economia e as gestões públicas, assim como a injustiça presente nos institutos da prisão especial, do foro privilegiado e da imunidade parlamentar para crimes comuns
·         Fortalecer a ação educativa e evangelizadora, objetivando a construção da cultura da paz, a conscientização sobre a negação de direitos como causa da violência e o rompimento com as visões de guerra, as quais erigem a violência como solução para a violência
·         Denunciar a predominância do modelo punitivo presente no sistema penal brasileiro, expressão de mera vingança, a fim de incorporar ações educativas, penas alternativas e fóruns de mediação de conflitos que visem à superação dos problemas e à aplicação da justiça restaurativa
·         Favorecer a criação e a articulação de redes sociais populares e de políticas públicas com vistas à superação da violência e de suas causas e à difusão da cultura da paz
·         Desenvolver ações que visem à superação das causas e dos fatores da insegurança
·         Despertar o agir solidário para com as vítimas da violência
·         Apoiar as políticas governamentais valorizadoras dos direitos humanos
 
Oração Campanha da Fraternidade 2009
 
Bom é louvar-vos, Senhor, nosso Deus, que nos abrigais à sombra de vossas asas, defendeis e protegeis a todos nós, vossa família, como uma mãe, que cuida e guarda seus filhos.
Nesse tempo em que nos chamais à conversão, à esmola, ao jejum, à oração e à penitência, pedimos perdão pela violência e pelo ódio que geram medo e insegurança.
Senhor, que a vossa graça venha até nós e transforme nosso coração.
Abençoai a vossa Igreja e o vosso povo, para que a Campanha da Fraternidade seja um forte instrumento de conversão.
Sejam criadas as condições necessárias para que todos vivamos em segurança, na paz e na justiça que desejais. Amém!
 
HINO DA CAMPANHA 2009
 
1. Ó povo meu, chegou a mim o teu lamento,
Conheço o medo e a insegurança em que estás.
Eu venho a ti, sou tua força e teu alento.
Vou te mostrar caminho novo para a paz
 
Onde pões tua confiança?
Segurança, quem te traz?
É o amor que tudo alcança;
Só a justiça gera a paz!
 
2. Quando o direito habitar a tua casa,
Quando a justiça se sentar à tua mesa,
A segurança há de brincar em tuas praças;
Enfim, a paz demonstrará sua beleza
 
3. A segurança é vida plena para todos:
Trabalho digno, moradia, educação;
É ter saúde e os direitos respeitados;
É construir fraternidade, é ser irmão.
 
4. É vão punir sem superar desigualdades;
É ilusão só exigir sem antes dar.
Só na justiça encontrarás tranquilidade;
Não-violência é o jeito novo de lutar.
 
5. É como teia de aranha, a segurança (Jó 8,14)
De quem confia só nas armas, no poder.
Não é violência, não são grades ou vingança
Que irão fazer paz e justiça florescer.
 
6. Eu desposei-te no direito e na justiça;
Com grande amor e com ternura te escolhi. (Os 2,18)
Como aceitar o desrespeito, a injustiça,
A intolerância e o desamor que vêm de ti?!

 CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2010

Tema: ECONOMIA E VIDA

Lema: “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mt 6,24)

 

Brasília, 4 de dezembro de 2008.

 
Paz e bem,
 
As Igrejas-membro do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs – CONIC - assumiram o compromisso de realizar juntas uma nova Campanha da Fraternidade no ano de 2010, no centenário do Congresso Missionário de Edimburgo, marco do movimento ecumênico contemporâneo.
A Campanha da Fraternidade 2010 será, portanto, ecumênica. Ecumênica porque as Igrejas do CONIC a realizarão juntas e, ainda que sob sua responsabilidade, estará aberta à participação de todas as denominações cristãs e pessoas de boa vontade que quiserem nela comprometer-se, no espírito do ecumenismo. Para essa finalidade foi constituída uma Comissão responsável pela sua realização, formada por 2 delegados de cada Igreja-membro do CONIC. Todos os passos estão sendo dados para que ele se concretize.
A Comissão responsável quer prepará-la da forma mais participativa possível. Para essa finalidade foi constituída. Por esta razão lançou um Concurso Nacional para a produção do cartaz e para a escolha do Hino desta CF 2010 Ecumênica, que terá como tema “Economia e Vida” e como lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” Mt 6,24.
Agradecemos a divulgação e o empenho para o bom êxito da CF-2010 Ecumênica.
Os talentos recebidos do Senhor e colocado a serviço das comunidades haverão de gerar novos impulsos de fraternidade e solidariedade para a promoção da vida de todos os filhos e filhas de Deus.
Que o Espírito do Senhor ilumine e guarde a todos
 
Pe. Gabriele Cipriani
Assessor do CONIC para a CF 2010
 
 
 
Principal Sobre o Santuário Os Freis Galeria de Fotos Horários Notícias Fale conosco  
 

Este site foi visitado 243459 vezes.

© 2009 Santuário São Francisco de Assis - Penápolis. Todos os direitos reservados.