Penápolis, Sexta-Feira, 22/11/2019 PrincipalFale conosco
Busca
Principal Sobre o Santuário Os Freis Evangelho do dia Horários Notícias Fale conosco
 
Cadastre seu e-mail e receba uma mensagem de paz em sua caixa postal todas as semanas
Nome
E-mail
Notícias e Comunicados

A Paternidade Divina e o Dia Dos Pais- 14/08/2016

A Paternidade Divina e o Dia Dos Pais

Neste Domingo, dia 14 de agosto, comemoramos o Dia dos Pais. o dia oportuno para refletir sobre a nossa vida em famlia e os nossos valores. No mundo contemporneo, a relao entre pais e filhos encontra-se, muitas vezes, desgastada. A emancipao parece ter-se tornado a nica postura, reconhecida como madura, de um filho para com seu pai. E isto se reflete no modo como muitos se colocam diante de Deus. Entretanto, a forma pela qual Ele se revelou a ns , justamente, a figura paterna. Sobre este tema, dirijo a voc, caro leitor, a reflexo de hoje.

O povo da Bblia (povo da Aliana) comeou a fazer a experincia da Paternidade divina, a partir dos patriarcas. Como chefes de tribos, eles reproduziam a figura paterna de Deus Ele o Pai de todos os povos, que conduz, abenoa e orienta atravs de sua autoridade.

Deus abenoa e manda abenoar. A bno era um gesto reservado ao pai, ou patriarca, e tinha carter irreversvel. Da a grande nsia de receb-la, como vimos na histria de Esa e Jac (cf. Gn 27). A funo de patriarca tinha uma outra caracterstica: a autoridade. Quando o patriarca falava, toda tribo obedecia. E quando se ouve a voz de Deus, no se discute.

Olhando a criao, tambm podemos reconhecer Deus como Pai, que nos concedeu esse dom, to extraordinrio, que era chamado o dom paterno. O Pai criou todos os seres, inclusive o ser humano, feito sua imagem e semelhana e ordenou que crescessem e se multiplicassem. Assim, tambm, Ele pede que honremos e cultivemos a beleza da criao, protegendo-a e fazendo com que ela se desenvolva, como continuadores da sua obra. A Igreja primitiva, adorando a Deus Criador, reconhecia-O como o Senhor absoluto. Por isso, atribua-lhe o titulo de Altssimo, ou Kyrios que, em grego, significa Senhor Deus o Senhor absolutamente divino, transcendente, superior a tudo, e ao qual nada se pode comparar ou antepor.

Como Senhor do cu e da terra, Deus legislador para seus filhos. Entretanto, as leis que Ele nos prope no so um jugo e nem peso; elas so a norma da nossa conduta e felicidade. No h como conseguir a felicidade sem o caminho da lei, que nos conduz concluso de nossa busca. Quando esta procura tiver atingido o seu incontido impulso em prol do bem e da verdade, teremos chegado felicidade final. O pleno cumprimento da lei o amor: comunho entre Aquele que estabelece a lei e aqueles que a cumprem, pela fora do instinto do bem e da graa. Deus como Pai, Criador e Legislador , tambm, Modelo: Sede santos, como vosso Pai santo (Lv 19,2; Mt 5,48). Trata-se de um ideal que nunca iremos atingir, pois Deus infinito, e ns somos finitos. Mas o que Ele espera de ns a constante tenso perfeio, ao longo da qual ele nos assiste com sua graa. Por ela, somos capazes de perdoar, de amar sem qualquer interesse, de praticar a generosidade, pois o prprio Deus atua isso em ns.

Quando os homens j haviam progredido na pedagogia divina, amadurecendo as normas do Pai eterno, Ele passa a cham-los de meus filhos. Eu serei para vs como Pai, e vs sereis como filhos (1 Cr 17,13). Isto foi um salto de qualidade na relao com o Pai. Porm, os homens nunca iriam aprender a ser filhos de verdade, e nunca chegariam a conhecer o Pai como deveria ser conhecido, se Deus no enviasse seu Filho Jesus, para nos ensinar a conhec-lo.

Durante a sua vida no meio de ns, Jesus se dedicou a anunciar o Pai, com as palavras mais adequadas. Aquele que faz chover sobre justos e injustos (cf. Mt 5,45); que se alegra com a converso do pecador (Mt 18,12-14); com a volta do filho, antes perdido nas misrias da vida humana ...e, agora, reencontrado e acolhido (lc 15,11-32).
Em Jesus, somos chamados filhos de um Deus que nos ama, verdadeiramente, com esprito familiar, com um amor que s Ele capaz de oferecer. Ele nos atrai ao seu Corao amvel, terno, dedicado e carinhoso, estabelecendo conosco um relacionamento familiar, to belo quanto extraordinrio, para conhecermos e amarmos o Pai, conhecer melhor a ns mesmos e conseguirmos, assim, amar uns aos outros, como irmos, reconduzindo-nos, quando nos desviamos do caminho da felicidade a nica coisa que Ele deseja para seus filhos e filhas. Ele nos instrui de muitos modos, por suas palavras e exemplos, que a Sagrada escritura registra, com a confirmao de milagres.

O mais radical gesto que podemos imaginar, veio de Jesus, no alto do Calvrio. Com os braos estendidos, todos os seus membros sangrando, o pouco de sangue, que ainda tinha, esvaiando-se, diz: Pai, perdoai-lhes, porque no sabem o que fazem (Lc 23,34). Esta a prova suprema da misericrdia, da bondade, da ternura de Deus Pai. preciso acrescentar que Deus no somente Pai, mas tambm deve ser considerado como verdadeira Me, com as caractersticas todas do corao materno: Sereis amamentados e carregado nos braos, sereis acariciados no colo. Como a me consola uma criana, assim eu vos consolarei (Is 66,12-13).

Por isso, neste Dia dos Pais, somos convidados a refletir na importncia da paternidade. Apesar das estruturas familiares terem se modificadas ao longo do tempo, a importncia do pai na vida, na educao de uma criana no mudou. Em muitas famlias, os pais tm se envolvido cada vez mais na criao dos filhos e dispondo mais tempo para estar com eles, at mesmo porque hoje em dia temos muitas crianas que so criadas apenas por pais.

O pai muito importante na vida de uma criana, desde muito cedo ele fundamental. O ideal que o pai acompanhe toda a gestao da me, deixando a segura e tranquila, porque assim tambm est garantindo que a criana est recebendo esses estmulos j na barriga da me.

O pai precisa dispor de um tempo efetivo para o filho. Aquele tempinho em que os dois vo estabelecer os laos de afinidade, cumplicidade. O momento de rolar no cho, contar uma histria e contar as novidades do dia. A ausncia do pai pode trazer consequncias psicolgicas criana. de fundamental importncia a criana ter a figura masculina, para que se tenha o modelo masculino inserido na vida. Seno mais tarde a criana pode apresentar at mesmo problema de gnero.

Estudos recentes mostram que o pai contribui para uma boa autoestima e na formao de um adulto que lida melhor com o estresse e as frustraes, A ausncia emocional do pai, pode trazer dificuldades de concentrao, maior probabilidade de envolvimento com drogas e problemas sociais, um sentimento de vazio interior, podendo contribuir para sentimentos de angstia, depresso, ansiedade no decorrer da vida.

Vale lembrar que no a quantidade do tempo e sim a qualidade do tempo que voc dedica ao seu filho.

Neste Dia dos Pais queremos louvar a Deus o dom da paternidade e agradecer todos os pais que, no exerccio de sua misso, tornam-se sinais da paternidade divina.

Feliz Dia dos Pais

Frei Adalto Antnio

 
 
Principal Sobre o Santuário Os Freis Galeria de Fotos Horários Notícias Fale conosco  
 

Este site foi visitado 263072 vezes.

© 2009 Santuário São Francisco de Assis - Penápolis. Todos os direitos reservados.