Penápolis, Terça-Feira, 21/11/2017 PrincipalFale conosco
Busca
Principal Sobre o Santuário Os Freis Evangelho do dia Horários Notícias Fale conosco
 
Cadastre seu e-mail e receba uma mensagem de paz em sua caixa postal todas as semanas
Nome
E-mail
Notícias e Comunicados

CERCO DE JERICÓ DE 2013- 11/01/2013

                                    Santuário São Francisco de Assis de Penápolis, realizára de 27 de janeiro  à  03 de fevereiro mais um “CERCO DE JERICÓ”, tendo como Tema "Fé".

 

O “Cerco de Jericó” consiste em sete dias e seis noites de orações, sendo indispensável a oração do santo rosário, diante do Santíssimo Sacramento exposto.”

Inspirado em Josué 6

“Pela fé caíram os muros de Jericó, depois de rodeados por sete dias.” Hebreus 11, 30.

Torna-se cada vez mais comum as comunidades adoradoras fazerem o Cerco de Jericó.

 

De onde veio a inspiração paro o “Cerco de Jericó”?

Depois da morte de Moisés, Deus escolheu Josué para conduzir o povo hebreu. Deus disse a Josué que atravessasse o Jordão com todo o povo e tomasse posse da Terra Prometida. A cidade de Jericó era uma fortaleza inexpugnável. Ao chegar junto às muralhas de Jericó, Josué ergueu os olhos e viu um Anjo, com uma espada na mão, que lhe deu ordens concretas e detalhadas.

Josué e todo Israel executaram fielmente as ordens recebidas: durante seis dias, os valentes guerreiros de Israel deram uma volta em torno da cidade. No sétimo dia, deram sete voltas. Durante a sétima volta, ao som da trombeta, todo o povo levantou um grande clamor e, pelo poder de Deus, as muralhas de Jericó caíram… (cf. Js 6).

Como e quando começou o “Cerco de Jericó”?

O Santo Padre João Paulo II devia ir à Polônia a 8 de maio de 1979, para o 91º aniversário do martírio de Santo Estanislau, bispo de Cracóvia. Era a primeira vez que o Papa visitava o seu país, sob o regime comunista; era uma visita importantíssima e muito difícil.

Em fins de novembro de 1978, sete semanas depois do Conclave que o havia eleito Papa, uma pessoa da Polônia teria tido uma experiência espiritual onde Nossa Senhora do Santo Rosário  orienta que seja feito “um Congresso do Rosário” para preparar a primeira peregrinação do Papa à sua Pátria, na primeira semana de maio de 1979, em Jasna Gora (Santuário Mariano), consistindo em sete dias e seis noites de Rosários consecutivos diante do Santíssimo Sacramento exposto.”

Realmente as autoridades polonesa recusaram o visto de entrada no país ao Santo Padre, como tinham feito a Paulo VI em 1966. Mas, no dia 7 de maio, ao mesmo tempo que terminava o Cerco, caíram “as muralhas de Jericó”, as autoridades mudam de opinião e um comunicado oficial anunciava que o Santo Padre visitaria a Polônia de 2 a 10 de junho

No dia de 10 de junho, João Paulo II terminava a sua peregrinação, consagrando, com todo Episcopado polonês, a nação polaca ao Coração Doloroso e Imaculado de Maria, diante de um milhão e quinhentos mil fiéis reunidos em Blonic Kraskoskic.

Estaremos Realizando de 27 de Janeiro à 03 de Fevereiro, mais um "Cerco de Jericó" para intensificar nossa intimidade com o Senhor Jesus presente na Eucaristia, fortalecer nossa esperança aumentar nossa fé e nosso amor neste tempo de conversão para uma experiência de libertação e de vida nova no Senhor.

Em que consiste este nosso cerco de Jericó:

1 – Sete dias e seis noites de oração diante Santíssimo Sacramento exposto em adoração

2 – Grupos de pessoas estarão organizadas de hora em hora para a oração do terço e demais orações.

3 – Celebrações das missas todos os dias às 19:30 horas.

Cada participante deverá escrever as Muralhas que esperam ser derrubadas em suas vidas com a participação neste cerco de Jericó.

Na Missa de encerramento todos os pedidos deverão ser queimados .

Participação:

  1. O santíssimo fica exposto sete dias e sete noites.
  2. Não deve ter interrupção de oração e adoração diante do Santíssimo.
  3. Você vai apresentar os teus pedidos, as tuas necessidades a Deus é bom trazer por escrito e colocar na urna que se encontrará aos pés do altar.
  4. Na Missa de encerramento todos os pedidos apresentados ao Senhor serão queimados no altar.
  5. É indispensável que você participe os sete dias escolhendo um horário que te for melhor (o qual o Senhor sugerir em teu coração) horários mais difíceis alegrarão mais ao Senhor pois ele que vê e sabe tudo sabe também da tua necessidade e da tua fé, do teu sacrifício e do teu empenho. Veja por exemplo:

A fé do oficial romano. (mateus 8, 5-13)

5 Quando Jesus entrou em Cafarnaum, aproximou-se dele um oficial romano, suplicando: 6 “Senhor, meu criado está de cama em minha casa, ficou paralítico e sofre horrivelmente”. 7 Jesus lhe disse: “Eu vou lá curá-lo”. 8 O oficial respondeu: “Senhor, eu não sou digno de que entres sob meu teto, mas dize uma só palavra e meu criado ficará bom. 9 Pois também eu sou um subordinado e tenho soldados sob meu comando. Digo a um: Vai, e ele vai; a outro: Vem, e ele vem; e a meu escravo: Faze isto, e ele faz”. 10 Jesus ouviu e, admirado, disse aos que o seguiam: “Eu vos garanto: em ninguém de Israel encontrei tanta Fé.11 Digo-vos pois: Muitos virão do Oriente e do Ocidente sentar-se à mesa com Abraão, Isaac e Jacó no reino dos céus  , 12 enquanto os filhos do Reino serão lançados fora, na escuridão; ali haverá choro e ranger de dentes”.13 E Jesus disse ao oficial: “Vai, e seja feito conforme acreditaste”. E naquela mesma hora o criado ficou curado.

Cura da filha de uma mulher cananéia (Mt 15, 21-28)

“21 Jesus, partindo dali, retirou-se para a região de Tiro e de Sidônia. 22 E eis que uma mulher Cananéia, daquela região, veio gritando: ‘Senhor, filho de Davi, tem compaixão de mim: a minha filha está horrivelmente endemoninhada’. 23 Ele, porém, nada lhe respondeu. Então os seus discípulos se chegaram a ele e pediram-lhe: ‘Despede-a, porque vem gritando atrás de nós’. 24 Jesus respondeu: ‘Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel’. 25 Mas ela, aproximando-se, prostrou-se diante dele e pôs-se a rogar: ‘Senhor, socorre-me!’ 26 Ele tornou a responder: ‘Não fica bem tirar o pão dos filhos e atirá-lo aos cachorrinhos’. 27 Ela insistiu: ‘Isso é verdade, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos!’ 28 Diante disso, Jesus lhe disse: ‘Mulher, grande é a tua fé! Seja feito como queres!’ E a partir daquele momento sua filha ficou curada”.

 
 
Principal Sobre o Santuário Os Freis Galeria de Fotos Horários Notícias Fale conosco  
 

Este site foi visitado 227594 vezes.

© 2009 Santuário São Francisco de Assis - Penápolis. Todos os direitos reservados.