Penápolis, Sábado, 22/07/2017 PrincipalFale conosco
Busca
Principal Sobre o Santuário Os Freis Evangelho do dia Horários Notícias Fale conosco
 
Cadastre seu e-mail e receba uma mensagem de paz em sua caixa postal todas as semanas
Nome
E-mail
Notícias e Comunicados

A DEUS, QUERIDO FREI AUGUSTO- 20/03/2012

A DEUS, QUERIDO FREI AUGUSTO
SUA TERNA E ETERNA PRESENÇA SEMPRE FICARÃO ENTRE NÓS!
 
Sempre nos lembramos das coisas que acontecem em nossas vidas. Algumas deixam marcas profundas que somente o tempo pode apagar. Outras ficam reservadas no mais íntimo de nosso ser, expressando desejos e conhecimentos que eternizamos. Isso nos ajuda a pensar que Deus, na sua infinita bondade, nos criou a sua imagem e semelhança, dando dons e talentos, os quais nos orientam na direção do bem e da fraternidade. Aos poucos, pela conduta de nossas vidas, vamos deixando florescer esta dádiva nas atitudes e projetos assumidos, sendo que algumas pessoas se tornam mais evidentes na realização destes compromissos, expressando um intercâmbio de amor como sinal de crescimento, de aproximação, de superação dos desafios, de conflitos, de perdas e de ganhos.
Entre tantas pessoas que se deixam conhecer ao longo da vida (e se tornam conhecidas não por méritos, mas por doação), podemos nos recordar do querido e estimado Frei Augusto Girotto, ofm cap. No último dia 04 de março, depois de uma profunda convivência com os limites da saúde humana, Deus quis associa-lo ao seu reino eterno. Sua vida, com total humildade, é marcada pela riqueza de testemunho como fervoroso amigo de todas as horas, como inspirado educador no exercício de transmitir os seus conhecimentos, como uma pessoa atenciosa e, como um marco referencial, um religioso apaixonado pela vocação ministerial a serviço do altar e dos pobres, prediletos do Senhor.
Às vezes não conseguimos entender o significado destes momentos da nossa história. Temos o impulso humano que não nos deixa compreender o quanto somos importantes, física e espiritualmente, ao plano de Deus. Todavia, nossa convivência deve sempre deixar boas lembranças e uma profunda expressão do grande amor com que fazemos as coisas.
Neste sentido, em nome de todos os professores e alunos da Escola de Teologia para Leigos da Diocese de Piracicaba, a “menina dos olhos do Frei Augusto”, queremos registrar uma singela recordação da vida pelo trabalho incansável de um grande homem, o qual historicamente se fez uma luz e uma presença entre nós. É certo que esta homenagem póstuma representa uma forma de amizade, carinho, companheirismo, reconhecimento, apreço, ternura e memorial ao estimado Frei Augusto Girotto, o “Pai”, como era, carinhosamente chamado entre os seus confrades. Durante longos anos, exercidos com a pequenez de uma criança e a perseverança de um fiel escudeiro, Frei Augusto dedicou-se a inúmeras ações eclesiásticas. A partir de tais frentes, podemos identifica-lo como:
- HOMEM DA SABEDORIA: sua vivência acadêmica e intelectual sempre reuniu forças e uma preocupação atualizada com a formação dos leigos e dos futuros sacerdotes, dedicando-se a cursos, aulas, palestras e outros meios. Por diversas vezes, o “estudante” Augusto abria-se às reflexões profundas acerca de temas teológicos diversos, mostrando um grau intelectual marcado pela humildade, pela partilha do saber e, acima de tudo, pela sede do conhecimento expansivo a todos. Não teremos nenhum livro ou compêndio que reúna suas ideias, mas as apostilas, os diversos textos e exposições preparadas em atualizado recurso virtual, são demonstrações de um homem “antenado” com a atualidade, sem distanciar-se da essencialidade do saber. Eis, pois, um exemplo de vir sapiens a ser lembrado por nós!
- HOMEM DE SANTIDADE: por meio de gestos simples e agraciados, Frei Augusto viveu, por muitos anos, o seu ministério sacerdotal a serviço do altar e do bem da comunidade, escolhendo os pobres como celeiro do amor de Deus. Sua dedicação religiosa se tornou conhecida nas Santas Missões Populares (onde sempre se fazia presente como exímio pregador), na experiência de diversos grupos e pastorais da Igreja, tal como no ensino e formação dos Capuchinhos (ora como conselheiro, ora como conferencista, ora como irmão), no exercício específico do ministério sacerdotal (como confessor, presidente das celebrações e dos diversos sacramentos) e no trabalho em prol da promoção e dignificação do pobre (exercendo suas iniciativas ao lado de tantos outros companheiros). Até o fim de sua vida, mesmo com crescentes dificuldades, quis ser fiel a Deus e ao altar que o consagrou no ministério sacerdotal. Eis, pois, um exemplo de vir sanctificansa ser assumido por nós!
- HOMEM DA IGREJA: a partir de suas diversas contribuições eclesiais, podemos guardar a presença do Frei Augusto como um “PAI” espiritual no sentido litúrgico e psicológico, um “IRMÃO” sempre preocupado com a vivência fraterna e a espontaneidade da convivência, um “AMIGO” das horas alegres e complexas, um “DEFENSOR DA JUSTIÇA” na luta pela verdade e pelo bem maior, um “TEÓLOGO” no ensino e aprendizado das diversas áreas do saber, sobremaneira em favor da formação laical, e, acima de tudo, um “HOMEM DA IGREJA” do seu tempo, erradicado no contexto de vida eclesial que, no seu jeito de ser, jamais deixou de atender a diversos convites, e registrar um suave sorriso de paz e bênção àqueles que o procuraram. Eis, pois, um exemplo de vir apostolicus a ser resgatado como seguimento para os tempos atuais.
            A pessoa de Frei Augusto, que agora se encontra num corpo glorificado (conforme nos lembra São Paulo) no Reino Celeste (1 Cor 15,34 ss), ficará imprensa entre nós por tudo o que fez e representou, sem querer destaques ou ser ovacionado.
A DEUS, querido Frei Augusto! Ajude-nos a continuar os seus sonhos aqui na terra! A DEUS, querido Frei Augusto, e até um dia na gloriosa ressurreição! A DEUS, querido Frei Augusto, sua terna e eterna presença sempre ficarão entre nós!
 
Prof. Marcio V. Gil Trojillo
 
 
Principal Sobre o Santuário Os Freis Galeria de Fotos Horários Notícias Fale conosco  
 

Este site foi visitado 222274 vezes.

© 2009 Santuário São Francisco de Assis - Penápolis. Todos os direitos reservados.