Penápolis, Segunda-Feira, 24/09/2018 PrincipalFale conosco
Busca
Principal Sobre o Santuário Os Freis Evangelho do dia Horários Notícias Fale conosco
 
Cadastre seu e-mail e receba uma mensagem de paz em sua caixa postal todas as semanas
Nome
E-mail
Evangelho - Ano a
<< Setembro / 2018 >>
Semana Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 ª 1
2 ª 2 3 4 5 6 7 8
3 ª 9 10 11 12 13 14 15
4 ª 16 17 18 19 20 21 22
5 ª 23 24 25 26 27 28 29
6 ª 30

 

Jesus fala outra vez da sua morte - Lc 9,43b-45 - 24/09

 





Texto:
Todos estavam admirados com o que Jesus fazia, e ele disse aos discípulos: - Não esqueçam o que vou dizer a vocês: o Filho do Homem será entregue nas mãos dos homens. Mas eles não entenderam isso, pois o que essas palavras queriam dizer tinha sido escondido deles para que não as entendessem. E eles estavam com medo de fazer perguntas a Jesus sobre o assunto.

Comentário: Os três evangelistas sinóticos registram três "anúncios da paixão". São as falas de Jesus aos discípulos, enquanto caminhavam para Jerusalém, prevenindo-os sobre a previsível e fatal perseguição que sofreria nesta cidade. Os chefes das sinagogas e do Templo já vinham procurando uma ocasião de eliminar Jesus. Hoje temos o segundo "anúncio", no evangelho de Lucas. Lucas faz um contraste. De início registra a admiração de todos com tudo o que Jesus fazia. A seguir, o anúncio do sofrimento escapa da admiração e não é entendido. Lucas o exprime de maneira insistente: os discípulos "não compreendiam", "o sentido lhes ficava oculto", "não podiam entender" e "tinham medo de fazer perguntas"! Muitos dos discípulos foram formados na ideologia messiânica de poder do judaísmo, com a devoção a um deus poderoso que privilegia alguns e destrói seus inimigos. Esperavam um messias que restaurasse a glória e o poder de Israel. Para dissuadi-los, Jesus apresenta-se como o Filho do Homem, o "Humano", o comum dos homens, na fragilidade e na vulnerabilidade, no qual se manifesta a glória de Deus. É através de sua aceitação que se rompe com a ideologia de uma sociedade que busca sua segurança na acumulação do dinheiro e no poder opressor. Colocando-se a sua segurança em Deus encontra-se a felicidade e a liberdade para a construção da justiça e da paz.



 
 
Principal Sobre o Santuário Os Freis Galeria de Fotos Horários Notícias Fale conosco  
 

Este site foi visitado 241039 vezes.

© 2009 Santuário São Francisco de Assis - Penápolis. Todos os direitos reservados.